Artigos
Comentários

Fale comigo

archive

O Google Adsense é um grande Portal de notícias sobre saúde, etc...

domingo, 26 de outubro de 2008

Alimentos que saciam, algumas propriedades curativas

Como sabemos, o excesso não é favorável a ninguém em nenhuma situação. Portanto, na hora de comer é preciso cuidados não apenas na quantia, mas também ao que se vai comer, para garantir uma alimentação sem exageros.
Alguns alimentos que saciam:

Folhas verdes – são excelentes fontes de fibras, vitaminas e minerais. Antes do almoço e jantar coma um prato raso de salada e aguarde cerca de 20 minutos para comer outros alimentos.

Cenoura – é um legume durinho que requer muita mastigação. Assim o cérebro entende que você está consumindo bastante comida.

Gelatina – proteína que demora mais para ser digerida. Por conter enorme quantia de água, deixa o estomago cheio e mata a fome. Prefira as versões light.

Dessa forma você vence o desafio de segurar a fome!

CENOURA – SUAS VIRTUDES

Considerada a "Rainha dos vegetais" esta raiz de cor vermelha alaranjada (embora se encontrem outras variedades de cor branca e violeta) constitui um verdadeiro concentrado vitamínico: Muito rica em provitamina A (substância transformada no fígado em vitamina A), vitamina A, ideal no combate aos problemas da visão com função específica na retina; complexo B e vitamina C.

Além do seu teor vitamínico apresenta também uma grande riqueza em sais minerais: ferro (combate a anemia), cálcio (ossos e dentes), potássio, fósforo, níquel, cobre, iodo e manganês). Também apresenta um elevado teor de pectina (substância gelificante).

Em contrapartida não é muito rica em glúcidos daí poder ser consumida em dietas de emagrecimento.

Este tão belo quanto nutritivo alimento deve ser raspado e não descascado e seguidamente salpicado com sumo de limão de forma a evitar a sua oxidação.

Esta raiz pode ser consumida crua em saladas ou cozinhada.

É excelente para prevenir inumeras maleitas:

Tem propriedades diuréticas, são purificadoras e reguladoras das funções digestivas, fluidificantes da bílis, estimulam o peristaltismo ( tem propriedades anti-diarreicas quando ingerida cozida) e auxiliam na cicatrização das feridas.

Consumidas cruas ( raladas) são ideais para ajudar a combater atrasos no crescimento ou no combate às infecções.

Dados recentes mostram uma relação entre o consumo de cenoura e uma acção vasodilatadora.

Beber um copo de sumo de cenoura diariamente vai contribuir também para que a pele adquira uma tonalidade bonita e bronzeie mais facilmente.

Nem só a raiz apresenta propriedades medicinais, a suas folhas esmagadas servem para curar feridas podendo ser aplicadas com mel, sendo também muito agradáveis quando consumidas em sopas de legumes.

As sementes além de serem um bom aperitivo também podem ser utilizadas no combate aos parasitas intestinais, fazendo uma infusão de algumas gramas (15 gramas) num litro de água e ingerindo o líquido obtido após a decocção pelo menos de manhã e à noite.

Uma grama de sementes moída e misturada com mel, tomada 3 a 4 vezes por dia ajudam no combate dos cálculos renais.

Sendo uma dádiva da natureza a sua ingestão em nada contribui para danificar o organismo, muito pelo contrário é um grande aliado no combate às infecções, contribui deste modo para funcionamento harmonioso.

...


Propriedades Curativas de algumas hortaliças mais comuns

Prof. Mário Sanchez

1 – Acelga: rica em vitamina A. Utilizada para o tratamento de reumatismo, hemorróidas, úlceras, prisão de ventre, inflamação da bexiga, colites, febres (especialmente a tifóide), etc. Usar em saladas cruas, ou sucos.

2 – Agrião: Contém grande dose de ferro, sendo recomendado para o tratamento de anemias, tuberculose, dispepsia, problemas renais, debilidade do coração, etc. Usar em saladas cruas e sucos.
Observação: durante a gravidez evitar o uso pois pode provocar aborto.

3 – Alcachofra: Rico em insulina. Recomenda-se para os diabéticos e portadores de arteriosclerose. Combate a nefrite, anemia, o raquitismo, cálculos renais, inflamações, escorbuto, paludismo, etc. Usar folhas e flor cozidos ou crus (quando tenros) e temperados com limão e cebola.

4 – Alface: Valor vitaminico: A, B1, B2, B5 e C. Saladas e sucos. Sucos dos talos e folhas – para problemas nervosos e insônia. No caso, é o leite dos talos que contém a propriedade sedativa e curativa. Portanto, o ideal é arrancar a planta com raízes, lavar bem e só depois cortar para servir em saladas e sucos. Outras propriedades: combate o reumatismo, é diurética, indicada para problemas gastrointestinais, pulmonares, etc.

5 – Alho: O condimento que também é medicamento. Contém muito potássio. Propriedade curativas: depurativo do sangue, combate febres intermitentes, favorece a digestão, combate as toxinas intestinais, expulsa vermes, combate resfriados, e deve ser usado no tratamento de varizes e pressão alta. Não exagerar no seu uso, pois pode provocar dores de cabeça, do estômago, cólicas renais, vômitos, além de provocar queda da pressão.

6 – Almeirões: escarola, chicória almeirões doces e amargos, catalonhas, dente de leão e serralha – mesmas propriedades da alface, porém mais acentuadas.

7 – Beringela: diminui o colesterol, e é indicada para problemas de estômago, baço e fígado. Usar em saladas - veja receita
Uso externo: cataplasmas com as folhas, para queimaduras, abscessos, herpes, etc.

8 – Beterraba – útil na formação de glóbulos vermelhos. Propriedades: calmante nas febres, laxante, combate a artrite e a anemia, ativa o desenvolvimento dos tecidos cerebrais, estimula o coração, regulariza o funcionamento dos rins e vias urinarias. Utilizar como sucos (tônico e refrescante), saladas (ralada crua) e xarope (combate tosse).

9 – Brócolos: “o construtor dos ossos e dos dentes”. Propriedades: rico em cálcio, substitui largamente o cálcio do leite; vitamina A, combate a xeroftalmia e infecções; rico em ferro, recomendado para os anêmicos. Uso em saladas (temperado com limão e cebola).

10 - Cebola: rica em vitamina A, B e C, em potássio e outros sai minerais. A cebola é recomendada para combater a diabete (o leite), gripes em geral, sífilis, câncer, lepra, icterícia, hidrofobia, tuberculose, febre tifóide, hidropisia, gangrena, trombose coronária, etc. Pode ser usada crua (em saladas e sucos), acompanhando outros pratos como condimento.

Sopas de cebolas: cortar 4 cebolas grandes em rodelas. Refogar rapidamente em azeite. Colocar água e deixar ferver por alguns minutos. Engrossar o caldo com uma xícara de trigo de kibe (pré hidratada). Deixar ferver por mais alguns minutos. Servir morno, com gotas de limão. Obs. O trigo de kibe é cicatrizante, restaurador de tecidos e regularizador da elasticidade dos vasos sangüíneos.

11 – Cenoura: rica em vitamina A. Propriedades: combate a cegueira noturna, aumenta os glóbulos vermelhos, combate anemia. Uso em sucos (combate reumatismo, gota, nefrite, e tem propriedades laxantes); em saladas, ralada ou cortada em tirinhas (cruas);

12 – Espinafre: rico em ferro, sai minerais e vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Indicada no combate às anemias, serve como tônico do cérebro e dos nervos, utilizado no tratamento de inflamações, tem propriedades diuréticas. Pode ser usado cru, saladas ou sucos.

13 – Nabo: Suco de nabo (xarope para tosse): cortar em rodelas finas, colocar em uma tigela e polvilhar com açúcar mascavo. Deixar durante a noite no sereno. De manhã escorrer o xarope e tomar as colheradas.

14 – Pepino: é alcalinizante, calmante, refrescante, emoliente, laxante, estimulante, mineralizante. O pepino deve ser ingerido de preferência ao natural e sem nenhum tempero.

15 – Pimentão: três tipos: o verde, vermelho e amarelo. O vermelho é riquíssima em vitamina A e C; o amarelo é uma das maiores fontes de vitamina C; o verde contém ambas. O suco de pimentão com cenoura e espinafre, tomado antes das refeições é indicado para os que sofrem de gases no tubo digestivo, com cólicas e dores abdominais. Combate as hemorróidas.

16 – Quiabo: refresca os intestinos, é indicado no tratamento de tuberculoses, pneumonia, bronquite, etc.

17 – Rabanete: Combate urticária, a artrite crônica, pedras no fígado e a icterícia. O suco é refrescante e estimulante, em saladas, ralado e temperado com limão e sal (estimula o apetite).

18 – Repolho: destaca-se pelo seu teor em ferro, cálcio e vitaminas B1 e C. É o remédio dos pobres. Em saladas, cortado bem fininho (cru) e temperado com limão, sal e cebola, é recomendado para problemas circulatórios); Como suco, friccionar o couro cabeludo, faz crescer o cabelo. Como cataplasmas, macerar as folhas e aplicar sobre a parte afetada. Serve para tratamento de erisipela, para resolver abcessos, nevralgias, dores reumáticas, etc.

19 – Salsa: Vitamina A e C, ferro. Propriedades: diuréticas, carminativas, febrífugas, estimulantes, depurativas, expectorantes, etc. Além de um tempero agradável, de suas folhas e raízes podem ser feitos sucos e cataplasmas.

Suco das folhas: pingar gotas para aliviar a otalgia; Decocção das folhas cura as disenterias; cataplasmas das folhas: sobre os olhos inflamados ou inchados, seios endurecidos, para deter hemorragias nasais (introduzir nas narinas), para aliviar picadas de abelhas; infusão das raízes é utilizada para tratamento de nefrites e cistites. Também combate os gases do estômago e dos intestinos. Obs.: Contra indicado para gestantes.

20 – Tomates: contém potássio, magnésio, cálcio, sódio, cloro e alcalinizador do sangue, hepático, laxante, tônico, de efeito anti-séptico, protege contra infecções e perturbações digestivas. Uso em saladas, molhos e sucos (com aipo para tratamento de nefrites, com salsa para artrite). Suco de tomate verde, para gargarejo, nas inflamações da garganta. O tomate cru é recomendado para quem tiver artrite, reumatismo, gota, erupções cutâneas, etc. Graças ao seu conteúdo em iodo, é com contra bócio. Nas queimaduras de sol, aplicar tomate cortado nas partes afetadas.

Livro “As delicias Naturais da cozinha alternativa”
com a colaboração do site www.comidaviva.com

...

GELATINA TRAZ BENEFÍCIOS AO CORPO

Proteger as articulações e os ossos, restaurar a qualidade da pele e dos cabelos e ainda melhorar a flacidez corporal. Tudo isso são propriedades que alguns nutricionistas vêm atribuindo à gelatina

A ingestão de apenas dez gramas da substância por dia, na forma hidrolisada, seria capaz de promover vários benefícios para a saúde e a beleza. Produzida a partir de proteína animal, especialmente do boi, a gelatina fornece nove dos dez aminoácidos essenciais ao corpo humano. É rica, principalmente, em aminoácidos que dão origem ao colágeno, substância que constitui as fibras do tecido conjuntivo.

"Cerca de 30% do nosso corpo é formado pelo colágeno", afirma a nutróloga Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro, que defende o uso da gelatina como suplemento alimentar importante. Ela lembra que o colágeno está presente numa camada situada debaixo da pele e que, dessa forma, ajuda a manter a firmeza dos tecidos.

"Quanto mais colágeno, mais firme é a pele", explica a nutróloga. A substância também está presente nos ossos e nas articulações, por isso é recomendada para pessoas que sofrem de artrose e osteoporose. "As pessoas sabem que precisam ingerir cálcio para proteger os ossos, mas necessitam também do colágeno, que é onde o cálcio vai se fixar", informa Tamara.

"O tratamento da osteoporose é multidisciplinar, mas a gelatina pode ser usada para melhorar o quadro", diz a especialista. Ela garante que o colágeno pode ajudar também a recuperar a vida dos cabelos e fortalecer as unhas, além de ajudar nos programas de emagrecimento, por proporcionar uma sensação de saciedade. Esses benefícios, porém, não seriam obtidos com a gelatina comum, vendida em supermercado. "Um pacotinho daquele tem apenas cerca de dois gramas de colágeno, enquanto o ideal é consumir cerca de dez gramas por dia", explica.

A gelatina recomendada por ela é a vendida como suplemento alimentar, na dose de uma colher de sopa por dia. Os resultados seriam percebidos somente após cerca de três meses de uso contínuo. Para a prevenção da osteoporose, seria necessário usar uma dose maior. Tamara diz que, como se trata de um alimento rico em nutrientes, a gelatina não apresenta contra-indicação.

Nem todos os especialistas mostram tanto entusiasmo, porém, com o consumo da gelatina como suplemento. "É um alimento de alto valor biológico, mas ainda não existe uma comprovação científica de todos os efeitos", comenta a nutricionista Iramaia Oliveira, de Salvador. "Existe uma controvérsia muito grande por falta de estudos mais amplos. Nós somos ainda céticos em relação a todas essas propriedades", adverte.

Ela ressalta, no entanto, que realmente existem algumas pesquisas apontando benefícios da gelatina para grupos específicos, como atletas. Iramaia lembra ainda que muita gente costuma confundir o ágar-ágar, substância de origem vegetal, como a gelatina, que é de origem animal. "O ágar-ágar é usada para regulação intestinal, enquanto a gelatina é que contém aminoácidos essenciais".

Fonte:http://www.paponosso.com.br/Pages/Papo_Nosso.asp?papo=1073&s=2

0 comentários:

Postar um comentário | Feed



Pesquisa personalizada

Ganhe dinheiro por pesquisar no Wibi!

 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License